ARTIGOS DO PADRE XIKO

< Voltar para os Artigos

Somos aprendizes

Somos aprendizes

A condição humana é uma condição de aprendiz

 Estamos sempre no caminho do aprendizado. Aprendemos em todas as  dimensões,  ou seja, na  física, na psíquica, na afetiva, na  ética, na moral, na religiosa e na socia

Aprendemos constantemente, com todos e sempre.

Realmente vivemos um estado de aprendizado durante toda a vida. Aprendemos durante a infância, a adolescência e na vida adulta. 

Aprendemos do e com o mundo; aprendemos com as pessoas, aprendemos com os acontecimentos, sejam positivos, sejam negativos.

Aprendemos em casa, na família, (nossa escola fundamental e primordial), na escola; aprendemos com os amigos, com os parceiros e com os adversários, na rua e em todos os ambientes.  

Somos aprendizes do tempo e das circunstâncias. 

Aprendemos com as vitórias, com os sucessos, com as alegrias, mas também aprendemos com as derrotas, com os fracassos, com os insucessos e mesmo com as decepções.

Aprendemos com o sofrimento, (e como aprendemos!), aprendemos com as dificuldades e com os desafios.   

Aprendemos conceitos, normas, leis, atos, comportamentos e, sobretudo, atitudes, que são as mais importantes. Aprendemos a viver e conviver e, isso é o mais difícil e desafiador. Aprendemos valores e, muitas vezes assimilamos até contra valores. 

Se somos capazes de aprender de tudo um pouco, por que não aprendermos aquilo que nos faz crescer e nos faz melhores como pessoas? 

Somos, pois, convidamos, especialmente, neste ano, a aprender a sermos homens e mulheres promotores da paz, do entendimento, da concórdia e do amor. 

Ah, como há necessidade de aprendermos a ser pessoas de esperança que amem a vida, que desejem viver na alegria, mesmo no mundo que nos impõe um turbilhão de tristezas e angustias.

Precisamos aprender a nos preocuparmos com os menos favorecidos, com os doentes e desamparados, com as mulheres e crianças indefesas, com os diferentes de nós.

Somos urgentemente convidados a viver na pluralidade, a aceitar e respeitar as ideias discordantes e os padrões dissonantes que muitas vezes nos são apresentados. Sim, é  urgente aprender a respeitar as opiniões opostas,  a diversidade de culturas e o contraditório que enfrentamos no mundo atual.  

Portanto, sendo a vida um estado permanente de aprendizado, precisamos estar sempre atentos às mudanças e sermos capazes de discernir o que é melhor para nós e para a sociedade.

Felizes daqueles que fazem do aprendizado uma escola para sua vida. Sejamos, pois,  aprendizes em estado permanente. 

Pe. Xiko, SAC



Publicação: Em 21/04/2018 às 23:05h < Voltar para os Artigos

Deixe seu comentário:

LEMA DE SACERDÓCIO:

"Eu, o senhor, chamei-te realmente, eu te segurei pela mão, eu te formei e designei para seres a aliança com os povos, a luz das nações, para abrir os olhos aos cegos, para tirar do cárcere os prisioneiros e da prisão aqueles que vivem nas trevas" (Is.42,6).

contato@pexiko.com.br
Todos os direitos reservados www.pexiko.com.br © 2013
Desenvolvido por: