ARTIGOS DO PADRE XIKO

< Voltar para os Artigos

A vocação dos Cristãos leigos e leigas

A vocação dos Cristãos leigos e leigas

Primeiramente, ser cristão é um dom do Espírito Santo.

 É uma vocação conferida pela força do divino Espirito Santo, no batismo e na confirmação, isto  não para si mesmo, mas para servir como evangelizadores e, portanto, todos nos tornamos discípulos missionários de Jesus Cristo. 

Recordamos o que nos diz o doc. de Aparecida:

 “Não se começa ser cristão por uma decisão ética ou por uma grande ideia, mas pelo encontro com um acontecimento, com uma Pessoa, que dá novo horizonte à vida e, com isso, uma orientação decisiva”. (DAp 12)

Por conseguinte, a vocação cristã,  antes de mais nada, nasce e se alimenta do encontro permanente e renovado com o Senhor Jesus e é  vivida e nutrida  em comunidade cristã. 

Aqui, portanto, reside a beleza, grandeza e dignidade de ser Cristão. 

Claro, formamos um só corpo, mas muitos ministérios, muitas funções que enriquecem o corpo, na riqueza  e na diversidade de dons e serviços, para a edificação da eclesial e da sociedade. 

Os ministérios confiados aos leigos e leigas revelam a criatividade dos 

Espirito Santo na vida da Igreja. 

Neste ano dedicado ao laicato, os leigos e leigas são insistentemente interpelados  assumirem sal vocação especifica de serem sal da terra e luz do mundo (Mt 5,13-14), dando sua indispensável  participação na transformação da sociedade.

Esta participação brota do coração mesmo da missão da Igreja, inspirada no núcleo do Evangelho, no mistério da Encarnação:

 ‘A Palavra se fez carne e veio morar entre nós’  (Jo1,14).  

Os cristão leigos e leigas iluminados pelo modo de Deus: ‘Ele desce e entra em nosso mundo e em nossa história para assumir em tudo nossa existência . 

Assim os cristãos leigos e leigas para ser fiéis ao Cristo devem ‘descer’ e  ‘entrar’ em tudo o que é humano para impregná-lo da força do Evangelho.

Sendo assim, no exercício de sua vocação e missão, os leigos e leigas são conclamados a viver  a santidade no mundo em que vivem e atuam, sem medo, sem tristeza, pelo contrário com alegria e na  urgência da sociedade de hoje. 

Pe. Xiko, SAC




Publicação: Em 10/01/2018 às 15:59h < Voltar para os Artigos

Deixe seu comentário:

LEMA DE SACERDÓCIO:

"Eu, o senhor, chamei-te realmente, eu te segurei pela mão, eu te formei e designei para seres a aliança com os povos, a luz das nações, para abrir os olhos aos cegos, para tirar do cárcere os prisioneiros e da prisão aqueles que vivem nas trevas" (Is.42,6).

contato@pexiko.com.br
Todos os direitos reservados www.pexiko.com.br © 2013
Desenvolvido por: