ARTIGOS DO PADRE XIKO

< Voltar para os Artigos

Cristãos Cursilhistas: leigos e leigas, protagonistas na Evangelização

Cristãos Cursilhistas: leigos e leigas, protagonistas na Evangelização

Queremos refletir sobre o chamado feito aos cristãos leigos e leigas para que assumam seu papel de protagonistas da Evangelização na Igreja e na sociedade. 

Primeiramente o que entendemos ser  protagonista? 

Em grego, significa o primeiro, o mais importante.

 Aquele que  ocupa o papel de destaque. Sendo assim, hoje, aos leigos e leigas cabe o papel de destaque na Evangelização; cabe a eles  exercer a missão de serem os primeiros, os que se destacam no processo de Evangelização, de modo muito especial na família, primeiramente como esposos, na vivência do sacramento do matrimônio, em seguida como pais na educação e orientação dos filhos, sendo educadores e promotores da fé.

 Com certeza esse é o campo mais importante e decisivo, pois, se faltar o protagonismo dos pais, faltará a base para a vida cristã.

Outro campo importante e decisivo para exercer o protagonismo é justamente a paróquia onde eles devem experimentar sua pertença à comunidade eclesial e aí promoverem a unidade e exercem, de acordo com seus carismas e dons, seus ministérios e serviços.

 O protagonismo não consiste em ser mais, ou substituir os outros, mas justamente adiantar-se, puxar a frente, promover iniciativas renovadoras e tomar a iniciativa na participação e na ação servidora. 

O protagonismo dos cristãos leigos e leigas faz-se presente nos movimentos e associações, hoje indispensáveis. 

Primeiramente com sua ativa presença, depois no exercício da liderança, suas iniciativas na coordenação e na contribuição nos talentos que lhes são específicos.

 É bom recordar que protagonismo não é exibicionismo, não é tomar conta, não é querer fazer tudo, mas ser promotor para que outros também passem a assumi

É ajudar a distribuir tarefas e estar atento para que todos atuem.

 Este protagonismo na Igreja não deve, em nada, diminuir   o protagonismo essencial e especifico que cabe aos cristãos leigos e leigas na sociedade, nas ações do dia a dia, nos ambientes, como afirma o Documento de Puebla: “os leigos são a Igreja no coroação do mundo e trazem o mundo para o coração da Igreja”. 

Sim, cabe aos leigos ordenar o mundo de acordo com os critérios do Evangelho. Cabe aos cristãos leigos e leigas, como protagonistas, serem os promotores da justiça e da paz. 

Podemos dizer que ser protagonista é puxar a frente, indicar caminhos, dar testemunho.

 Durante os tempos tivemos muitos protagonistas, entre eles podemos destacar: os profetas, os apóstolos, João Batista, São Paulo, Maria Santíssima (modelo perfeito de protagonista), em sua simplicidade e humildade foi a grande protagonista pela sua vida, pelo seu testemunho, pelo seu canto Magnificat, pela sua firmeza na fé, pela sua coragem de acompanhar Jesus até o alto da cruz e depois no papel de congregar os Apóstolos no cenáculo e enviá-los em missão.  

Enfim, como cristãos leigos e leigas cursilhistas, nós também somos chamados a atuar e fazer a frente no sentido de anunciar o Cristo nos ambientes onde vivemos e convivemos.

Pe. Xiko, SAC



Publicação: Em 27/12/2017 às 16:42h < Voltar para os Artigos

Deixe seu comentário:

LEMA DE SACERDÓCIO:

"Eu, o senhor, chamei-te realmente, eu te segurei pela mão, eu te formei e designei para seres a aliança com os povos, a luz das nações, para abrir os olhos aos cegos, para tirar do cárcere os prisioneiros e da prisão aqueles que vivem nas trevas" (Is.42,6).

contato@pexiko.com.br
Todos os direitos reservados www.pexiko.com.br © 2013
Desenvolvido por: