ARTIGOS DO PADRE XIKO

< Voltar para os Artigos

Um ano jubilar

Um ano jubilar

 

O ano de 2019 será um marco significativo, abençoado privilégio, pois será, para mim, um ano jubilar. Celebrarei 50 anos de estradas percorridas, no serviço de evangelização. Celebrarei 50 anos de carinho e ternura de Deus, de renovada escolha e de predileção. 

Recordarei, com emoção, com reconhecimento e gratidão, as inúmeras palavras, gestos e manifestações de bondade e de misericórdia da parte de Deus.

Desejo reviver tantos momentos privilegiados.

 Quero recordar os desafios enfrentados e redobrar a certeza da presença protetora de Deus. 

Sim, um ano jubilar vivido na fé, cercado de surpresas, recheado de tantos brindes de ternura. 

Um ano jubilar não apenas para festejar, mas para reunir amigos e colegas, para evangelizar, para bendizer o dom da vida e do serviço gratuito, para reconhecer que tudo é dom de Deus. 

Um ano jubilar para renovar a alegria do primeiro amor, para elevar um hino de louvor por todas as maravilhas que Deus quis realizar pela minha instrumentalidade.

Como não recordar com emoção e gratidão os milhares de batizados realizados, tendo sido instrumento na geração de novos filhos e filhas de Deus? 

Como não reproduzir a emoção de ter exercido o ministério do perdão, ao devolver a paz a tantos corações aflitos? 

Sim, como não reconhecer o privilégio de ter sido testemunho de incontáveis uniões matrimoniais? 

Como não sentir emoção e privilégio de ter presidido milhares de Eucaristias, de ter alimentado o povo de Deus com a Palavra e o pão da vida? 

Como não bendizer ao Senhor pela oportunidade de ter confortado famílias nas duras e difíceis horas da partida de entes queridos.

Um ano jubilar para fazer memória dos mais variados trechos deste caminho.

 Um ano jubilar para pedir desculpas pelas palavras inadequadas ou atitudes inoportunas.

Um ano jubilar para reafirmar o compromisso assumido há 50 anos e para renovar o propósito de continuar, se possível, com o mesmo entusiasmo e amor a missão de evangelizar. 

Um ano jubilar para buscar novas energias n’Aquele que é a fonte de toda a alegria e de todo o amor

 Um ano jubilar para deixar para traz as decepções, as desilusões, tristezas e contrariedades. Enfim, um ano jubilar para colocar-me, ainda com mais confiança, a serviço da vida, especialmente dos mais sofredores e dos que necessitem de uma palavra ou de um gesto de solidariedade.

Ano jubilar, sim, ano de júbilo, alegria, mas ano para refletir, renovar a esperança, o entusiasmo, a missão, a fé e celebrar o precioso dom gratuito de Deus.

Com certeza, é uma rica oportunidade para dizer uma palavra de gratidão a cada um dos que participaram na construção dessa história, desde os familiares, mestres, comunidade, amigos, companheiros de caminhada. 

De modo muito particular, àqueles com os quais dividi a casa, a missão e os sonhos. Como é impossível dizer uma palavra para cada um, coloco-os no coração de Deus.

Pe. Xiko, SAC



Publicação: Em 08/02/2019 às 10:02h < Voltar para os Artigos

Deixe seu comentário:

LEMA DE SACERDÓCIO:

"Eu, o senhor, chamei-te realmente, eu te segurei pela mão, eu te formei e designei para seres a aliança com os povos, a luz das nações, para abrir os olhos aos cegos, para tirar do cárcere os prisioneiros e da prisão aqueles que vivem nas trevas" (Is.42,6).

contato@pexiko.com.br
Todos os direitos reservados www.pexiko.com.br © 2013
Desenvolvido por: